Projeto Onda Azul oferece vivência de surfe para autistas

Desta vez, o encontro acontece na praia das Cigarras, em São Sebastião
A primeira vivência do projeto aconteceu em Maresias (Foto: Divulgação)

A cidade de São Sebastião recebe mais uma ação para atender crianças e adultos autistas e ampliar a qualidade de vida deste público. Desta vez, o projeto Onda Azul vai oferecer vivências de surfe na praia das Cigarras, no próximo sábado (28). A participação é aberta e gratuita.

Atualmente, São Sebastião é uma das três cidades do Brasil a contar com o projeto que foi idealizado por três amigas que viviam em Santa Catarina e vislumbraram utilizar o surfe como ferramenta para o desenvolvimento das habilidades de comunicação e interação social, trabalhar aspectos sensoriais utilizando o ambiente da praia, articular ambientes e momentos de interação do autista com a sociedade e, com isso, colaborar para o desenvolvimento psicomotor através da prática esportiva e promover noções de educação ambiental para os autistas, famílias e a comunidade em geral.

De acordo com a psicopedagoga e uma das idealizadoras do Onda Azul, Sandra Lamb, o projeto conta, em São Sebastião com 51 voluntários que fazem o atendimento dos surfistas nos dias de vivência. “Dividimos as equipes em coordenações de mar e de areia com isso os surfistas são atendidos de maneira integral e com total segurança. Além disso a participação dos pais é fundamental para a nossa proposta de convivência em família e com o meio ambiente”, explicou.

A primeira atividade do projeto Onda Azul em São Sebastião foi realizada no mês de agosto, durante a Semana Municipal de Deficiências. A ação, que reuniu 20 crianças na praia de Maresias, Costa Sul da cidade, contou com a parceria entre a Prefeitura, o Instituto Gabriel Medina (IGM) e o projeto Onda Azul.


Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário