Teatro de Ubatuba recebe peça de Plinio Marcos em apresentação única

“Quando as máquinas param”, dirigida por Leo Lama, será encenada neste sábado (23) 
Adicionar legenda

Um clássico da dramaturgia brasileira chega a Ubatuba, neste sábado (23). A peça “Quando as máquinas param”, escrita em 1967 pelo dramaturgo já falecido Plínio Marcos, acontece às 20h, no Teatro Municipal. A montagem histórica marca os 50 anos do texto e é dirigida por Léo Lama, filho de Plínio. 

No elenco estão a atriz Kelli Di Bertoli e o ator Rodrigo Caldeira, que representam Nina e Zé, casal que habita a periferia de São Paulo e mergulha em crise em consequência do desemprego dele e da inesperada gravidez da mulher. A montagem da obra foi sucesso nas três primeiras temporadas, realizadas na cidade de São Paulo entre 2011 e 2013, e marcou o retorno de Léo Lama, que não dirigia uma peça escrita pelo pai havia 21 anos.

Os ingressos estão à venda no Teatro Municipal, na Livraria Nobel e na loja Brewcicleta, ambos localizados no bairro do Itaguá. O valor da entrada inteira é de R$ 30 e a meia R$ 15. Artistas e produtores cadastrados no Mapa Cultural de Ubatuba pagam meia entrada.

O espetáculo tem o apoio institucional da Prefeitura Municipal de Ubatuba por meio da Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba (Fundart) e da Companhia Municipal de Turismo (Comtur).

Serviço

Data e horário: sábado, 23 de setembro, 20 horas
Local: Teatro Municipal de Ubatuba – Praça Exaltação à Santa Cruz, 22
Tel: 12 3833-1191
Capacidade: 446 lugares
Classificação indicativa: 10 anos
Realização: Coletivo Garoa e Canoyá Produções

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário