Samu registra mais de 20 mil atendimentos no LN em 2017

A cidade com maior número de chamados é Caraguatatuba, seguida de São Sebastião, Ubatuba e Ilhabela
Unidade de SS é a central de atendimento do Litoral Norte (Foto: PMSS/ Divulgação)

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizou um balanço das suas atividades nos primeiros sete meses de 2017. Em todo o Litoral Norte, foram realizados 21.800 atendimentos.

A cidade com maior número de chamados é Caraguatatuba, com 8.038. Em São Sebastião, ficaram registrados 6.775. Ubatuba aparece na terceira posição com 4.661, enquanto Ilhabela fecha a lista das quatro cidades com 2.326 atendimentos.

A intervenção mais comemorada pela equipe aconteceu no norte de Ubatuba, quando o Samu conseguiu impedir que um suicídio acontecesse. Na ocasião, um homem de meia idade telefonou ao setor informando que iria cometer o suicídio. A médica plantonista, Dra. Patrícia Steiner, conseguiu mantê-lo na linha por 40 minutos até conseguir descobrir a residência do rapaz e encaminhar uma equipe. No local, um laço estava preparado e preso no alto de uma escada, com o homem sobre um banco mais abaixo. Ele foi resgatado pela equipe e encaminhado ao Pronto Socorro do município.

Os dados apresentados, porém, vão além dos números de ocorrências atendidas. No período que compreende de janeiro a julho deste ano, o Samu criou dois programas educacionais. O “Samu Cidadão”, que consiste em orientações sobre primeiros socorros a moradores de um determinado bairro em que esteja ocorrendo um grande evento, e o “Samu na Escola”, que capacita professores e docentes das escolas da rede pública em atendimento de primeiros socorros.

São Sebastião

A cidade de São Sebastião abriga a central de regulação, que é quem recebe todas as solicitações do Litoral Norte e encaminha as equipes para os atendimentos. Ao todo, o município possui 97 funcionários e seis viaturas, sendo cinco Unidades de Suporte Básico (USB) – aquela em que trabalham o técnico de enfermagem e o motorista – e uma Unidade de Suporte Avançado (USA) recebida este ano – que contempla também um médico e um enfermeiro.

Em São Sebastião, a Costa Sul é quem mais utilizou os serviços do Samu, ficando contabilizadas 3.567 solicitações. Boiçucanga é o bairro recordista, contudo, dos 1.467 atendimentos, 764 foram para remoções de pacientes do Pronto Socorro local ao Pronto Socorro localizando no centro da cidade. A Costa Norte do município e a região central somam 3.208 chamados. Dentre as modalidades mais atendidas, destacam-se mal súbito (2.320), traumas ou quedas (638) e ocorrências com gestantes (434).

Samu e Regate

Uma dúvida comum entre as pessoas se dá com relação as atribuições do Samu e o Grupamento de Resgate do Corpo de Bombeiros.

Como o próprio nome antecipa, o Resgate atua em situações que haja perigo às vítimas em diversas situações, como incêndios, desabamentos, afogamentos e variados tipos de trauma, realizando a remoção, imobilização e encaminhando-as ao pronto socorro mais próximo.

Já o Samu tem como diferencial a regulação médica, ou seja, o atendimento começa antes mesmo do contato com a vítima, quando o médico avalia a gravidade do caso e orienta os profissionais de enfermagem quanto aos procedimentos que deverão ser adotados.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário