Miss Piauí é coroada a mais bela do Brasil em Ilhabela

"Me chamavam de feia e hoje eu represento a beleza brasileira", afirmou a terceira negra eleita em 62 anos do Miss Brasil
A representante do Piauí foi eleita no último sábado (19) (Foto: Divulgação)

A representante do estado do Piauí, Monalyza Alcântara, foi coroada a Miss Brasil 2017, na noite de sábado (19), no Teatro Vermelhos, em Ilhabela. A moça é a terceira negra a vencer o Miss Brasil em 62 anos do concurso e garante a primeira coroa da história para os piauienses que nunca haviam conquistado o top 15. 

As 27 candidatas passaram por algumas eliminatórias, mas ao final a jovem de 18 anos se destacou das demais concorrentes. O concurso elegeu, ainda, Stephany Pim, do Espírito Santo e Juliana Mueller, Miss Rio Grande do Sul, no segundo e terceiro lugares. O concurso também contou com novidade neste ano: o voto aberto, que elegeu a representante do nordeste após a Miss conquistar cinco jurados.
A moça é a terceira negra eleita em 62 anos de Miss Brasil (Foto: Divulgação)

Estudante de administração, a vencedora também tem um grupo de meninas que promove o empoderamento das mulheres cacheadas. “Tenho uma ligação forte com temas que envolvem o poder feminino. Por ser uma mulher negra, passei por situações preconceituosas que me fizeram amadurecer e superar as dificuldades com determinação”, acrescentou.

Monalyza irá representar o Brasil no Miss Universo, que tem como data prevista dia 26 de novembro. Já no início do seu reinado, Monalyza deixou seu recado: “Quero dar voz para as mulheres e não vou aceitar ver nenhuma delas dizendo que não é capaz. Me chamavam de feia e hoje eu represento a beleza brasileira”, finalizou.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário