Ex-policial procurado por morte de fuzileiro naval é preso em Caraguatatuba

O crime ocorreu em 2010, quando o suspeito atirou na vítima de 20 anos em uma casa noturna do Rio de Janeiro
A vítima tinha 20 anos e foi morta a tiros em 2010 (Foto: Divulgação)

Um homem procurado pela Justiça por matar um fuzileiro naval de 20 anos, na cidade de Itaguaí, no Rio de Janeiro, foi preso por volta das 18h desta sexta-feira (16), em Caraguatatuba. O suspeito, de 31 anos, é um ex-policial militar conhecido por " Fábio Galinha" e estava foragido desde outubro de 2010, quando ocorreu o homicídio. A vítima foi morta a tiros na porta de uma casa noturna. 

O mesmo homem também já havia sido condenado por outra morte, ocorrida em 2004 no município de São Gonçalo, também do Rio, quando ele ainda era policial e a vítima furou uma blitz. Segundo a Polícia Militar, ele faria parte de uma milícia carioca.

Ainda de acordo com a PM, a prisão foi feita durante um patrulhamento no bairro do Perequê-Mirim e quando a abordagem foi feita, o foragido passou dados falsos aos policiais, que desconfiaram da atitude e durante o questionamento, ele acabou confessando ser procurado pela Justiça.

Os crimes cometidos pelo ex-policial foram amplamente divulgados na mídia local na época dos fatos, bem como seu nome constava no rol de procurados do Disque Denúncia e no Banco Nacional de Mandados de Prisão. 

A ocorrencia foi apresentada na Delegacia Sede de Caraguatatuba, onde o indivíduo permanece preso à disposição da Justiça.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário