Após caso de estupro, novo professor assume aulas do programa “Música na Escola”

A Prefeitura de São Sebastião anunciou o nome de Ricardo Ramalho para assumir o cargo
A decisão foi anunciada pela Prefeitura nesta quinta-feira (Foto: Divulgação)

Após a prisão do instrutor de bandas e fanfarras do programa “Música na Escola” de São Sebastião, a Prefeitura anunciou, na quinta-feira (22), o nome do músico Ricardo Ramalho para assumir o cargo. O ex-professor é acusado de estuprar uma das alunas, de 13 anos.

Dedicado à música desde os sete anos de idade, Ramalho, de 36 anos, será responsável pela região Central e Costa Norte da cidade. 

O professor é trombonista por formação e tem em seu currículo a participação em bandas como a Manoel Ladislau de Mattos (São Sebastião), Banda Municipal de Ubatuba e Banda Municipal de Caraguatatuba. Além disso, ele foi maestro da Banda Municipal Marcial de São Sebastião (Bamuss); coordenador de música do projeto Orquestra Sinfônica de Ilhabela e professor por cinco anos do Colégio Objetivo de São Sebastião.

Prisão

O ex-professor acusado de Estupro de Vulnerável tem 31 anos e foi surpreendido em flagrante, segundo a Polícia Militar, dentro de seu carro, que estava estacionado em uma estrada sem movimento de Caraguatatuba, na noite da última quarta-feira (21).

Ainda de acordo com a PM, o movimento suspeito chamou a atenção e quando a equipe se aproximou, os dois foram encontrados nus dentro do veículo. O homem foi preso pelos policiais e segue à disposição da Justiça.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário