UTI com 4 leitos é inaugurada no Hospital Municipal de Ilhabela

A unidade deve contar ainda com uma ambulância reservada para casos graves
A unidade terá capacidade para quatro pacientes (Foto: Divulgação)

A cidade de Ilhabela acaba de ganhar uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para reforçar o tratamento de pacientes em estado grave no Hospital Municipal Mario Covas. A nova unidade conta com quatro leitos e uma ambulância para transporte em casos críticos ou forte instabilidade clínica. 

O valor investido na obra foi de aproximadamente R$ 600 mil e a equipe será de oito médicos, seis enfermeiros e oito técnicos de enfermagem, todos divididos por plantões. 

A novidade foi oficializada nesta segunda-feira (10), durante uma entrevista coletiva sobre o balanço dos 100 dias de governo do prefeito Marcio Tenório (PMDB). 

Durante o encontro, o gestor falou, ainda, sobre a reforma administrativa que deve ser enviada para votação dos vereadores nos próximos dias. Segundo o prefeito, o projeto já está pronto e não haverá criação de novas secretarias ou cargos.

UTI

A UTI nasceu na década de 1930 devido a necessidade de oferecer tratamentos mais focados em casos graves, com risco de morte. O projeto diminuiu o número de óbitos em 70% e é utilizado majoritariamente em casos de infarto, acidente vascular cerebral, hipotensão arterial refratária, desconforto respiratório e pós-operatório de risco.

O ambiente de uma UTI é considerado de alta complexidade e deve ter monitoramento e vigilância 24 horas, além de um médico intensivista e equipe constituída de enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos, terapeuta ocupacional, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos e assistentes sociais. A lei define, ainda, que o trabalho não pode ser feito por auxiliares de enfermagem.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário