Após rachaduras, Defesa Civil Interdita obras do Contorno Sul em São Sebastião

Notificação foi entregue na manhã de segunda-feira no canteiro de obras da construtora Queiroz Galvão
Dersa alerta para risco de paralisação; Foto: Marcos Bonello/ PMSS

A Defesa Civil de São Sebastião fez a interdição parcial de um dos trechos da obra do Contorno Sul que vem sendo executada pela empresa Queiroz Galvão no bairro da Olaria, região central da cidade.

A notificação com a determinação de paralisação total das obras realizadas no chamado trecho "402 Sul" foi entregue nesta segunda-feira (24) aos representantes da empresa no canteiro de obras instalado em uma área no Jaraguá, na Costa Norte da cidade.

De acordo com o auto de interdição, a decisão de embargo do trecho deve-se ao fato de que após vistoria realizada pela Defesa Civil ficou constatado que os imóveis localizados nas ruas Olaria e São Benedito, nos bairros Olaria e Topolândia, apresentam alto risco de segurança.

Ainda segundo o documento assinado pelo coordenador chefe da Defesa Civil, Ricardo dos Santos, a retomada das obras fica condicionada a eliminação da situação de risco por parte da empresa.

"A responsabilidade pelo não cumprimento do presente auto cabe única e exclusivamente à empresa que está realizando a obra e, consequentemente, à contratante, podendo ser acionados judicialmente, se necessário, em concordância com a lei", diz o texto do auto de infração.

Vistoria
Na última sexta-feira (21/4) técnicos da Defesa Civil fizeram uma vistoria de monitoramento de área nas ruas da Olaria e São Benedito, nos bairros Topolândia e Olaria, na região central. Na ocasião ficou constatado que os imóveis que se encontram em risco colocam em risco aproximadamente 20 adultos e 8 crianças de até 12 anos de idade.

Dersa
A Dersa - Desenvolvimento Rodoviário S/A, empresa responsável pela obra, informa, por meio de nota, que recebeu da Defesa Civil de São Sebastião, ainda na segunda-feira, 24/4, Auto de Interdição do emboque Sul do Túnel 402, trecho das obras da Nova Tamoios Contornos executadas em São Sebastião. 

De acordo com a empresa, neste momento, a Companhia e a construtora responsável pelas obras neste trecho organizam toda documentação técnica solicitada, sendo que boa parte dela já havia sido disponibilizada anteriormente à municipalidade. 

“A Companhia também esclarece que obras de túneis exigem monitoramento constante e não devem ser interrompidas sem o competente planejamento prévio, sob risco de danos a sua estrutura e entorno. Por estas razões, a Dersa espera que ainda nesta terça-feira, 25/4, a referida interdição deverá ser suspensa, permitindo assim a retomada das obras”. 


Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário