Chuvas desalojam famílias e causam alagamentos em Caraguatatuba

Equipes da prefeitura e da Defesa Civil trabalham no monitoramento de ocorrências e limpeza em diversos bairros
As chuvas causaram estragos em diversas regiões de Caraguá (Foto: Divulgação)

As fortes chuvas que atingiram o Litoral Norte nos últimos dias causaram diversas ocorrências em Caraguatatuba. Três famílias tiveram que deixar suas residências devido ao acúmulo de água na cidade e foram encaminhados para casas de familiares. Além disso, foram registrados diversos pontos de alagamentos e deslizamentos.

Segundo informações da Defesa Civil, no acumulado da madrugada desta segunda-feira (6/3), houve o registro de mais de 100 mm de chuva. A equipe da Defesa Civil monitora as encostas ao longo da Rodovia Rio-Santos (SP-55) e as equipes da secretaria de Serviços Públicos (Sesep) de Caraguatatuba começaram o trabalho de vistoria, na tarde desta segunda, em diversos pontos da cidade.

Em alguns locais, os trabalhos para a retirada da lama já começaram, como no bairro Olaria, onde a lama atingiu a avenida marginal da rodovia Rio-Santos (SP-55), tornando o trecho perigoso para o trânsito de veículos. A estrada também foi atingida pela queda de um barranco e o local está parcialmente interditado e com monitoramento da equipe da secretaria de Trânsito.

Outro ponto crítico na cidade é a rua Saveiro, no bairro Golfinho, que ficou completamente alagada. Ainda na região Norte, no Capricórnio 2, as ruas que margeiam a vala que corta o bairro também foram inundadas. Os trabalhos de desassoreamento do córrego será priorizado para melhorar a situação. Na entrada do bairro Getuba, a Sesep deverá dar início à drenagem das águas que ficaram empoçadas, dificultando a entrada e saída de veículos na região.

O rio do Ouro também transbordou, atingindo casas e levando parte de um muro de arrimo. Após retroceder ao seu nível normal, o rio deixou um rastro de lama nas ruas da região. Funcionários com pás e carrinhos devem ser destacados para fazer a limpeza da região.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário