Gabriel Medina inaugura Instituto para atender jovens surfistas em São Sebastião

Objetivo é formar novos valores do surf tendo como base a famosa praia de Maresias
Gabriel e os pais durante coletiva (Foto: PMSS)

O Instituto Gabriel Medina idealizado pelo primeiro brasileiro campeão mundial profissional de Surf, Gabriel Medina, foi inaugurado nesta terça-feira, em Maresias, na Costa Sul de São Sebastião. 

Acompanhado dos pais, ele apresentou a instituição à imprensa e depois aos patrocinadores, explicando o grande objetivo, de formar novos valores da modalidade.

A proposta é oferecer aos novos valores do surf, dos 10 aos 16 anos, a mesma estrutura que hoje Gabriel Medina conta, na parte física e psicológica, somando aulas de idioma e de tecnologia, além de atendimento médico e de saúde bucal. A sede, construída com recursos próprios, foi construída num terreno em frente ao mar, estrategicamente escolhido por ser o local onde o primeiro brasileiro campeão mundial de surf aprendeu a pegar ondas.

“Estou super feliz. Era um sonho meu, da minha família, de poder estar ajudando estas crianças e o meu esporte também. Me sinto orgulhoso de realizar esse sonho”, disse Gabriel.
Jovens selecionados para o projeto (Foto: Divulgação/IGM)

“Espero que essa garotada saia daqui como boas pessoas, cidadãos, preparados para qualquer situação da vida”, falou, também lembrando que a parte social estará em grande evidência sempre, inclusive com interação com os pais dos atletas. “Teremos oficinas profissionalizantes. A primeira com a Vult Cosmética”, revelou.

Presidente do IGM, Simone Medina, também falou da satisfação de iniciar essa nova fase na trajetória da família. “Esse sonho é um filho que nasceu hoje. Para nós é motivo de muito orgulho poder participar da formação de grandes atletas e cidadãos, porque o esporte foi uma ferramenta que nos ajudou a criar os nossos filhos, dentro de princípios e valores, que hoje não existem mais”, afirmou. “O filho nasceu, agora vai engatinhar, andar, ter vida própria e vai ser muito legal ver o desenvolvimento dessas crianças”, acrescentou.

Charles Saldanha, que acumula o cargo de vice-presidente e um dos idealizadores do IGM, explicou o objetivo do projeto. “A ideia partiu do Gabriel mesmo. Ele quis devolver um pouco do que ele ganhou com o esporte. A Simone e eu abraçamos a ideia na hora. A partir disso, pensamos num ideal para um atleta se formar e ser profissional”, destacou, esclarecendo a opção por trabalhar só com atletas dos 10 aos 16 anos.

“Essa faixa etária é interessante, porque é aí que você forma o atleta. Aí que vem a base e que vão sair os campeões. Nessa idade, tentamos dar tudo de melhor para o Gabriel. Muitas vezes eu trabalhei sozinho, não tinha equipe. Hoje, o Gabriel tem um time e esse pessoal veio também para o Instituto”, relatou.

As aulas começam neste dia 1º de fevereiro, reunindo 38 atletas, que foram selecionados no Circuito Medina/ASM de Surf.

“Esta é uma iniciativa de fundamental importância do setor privado que muito vai ajudar ao setor público do município. O carisma do nosso campeão Gabriel Medina, além de levar o nome de São Sebastião a todos os cantos do mundo, vai agora, com o seu instituto, propiciar que novos atletas se destaquem no surf e, mais que isso, que os jovens esportistas se tornem cidadãos cada vez mais conscientes”, comentou o prefeito Felipe Augusto, presente no evento. 

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário