Felipe Augusto anuncia reforma e espera reduzir em 40% cargos comissionados

Prefeito eleito diz que vai respeitar a independência dos poderes
Felipe recebe diploma (Fotos: Mara Cirino/Nova Imprensa)
 


Por Acácio Gomes

Após a cerimônia de diplomação realizada no Teatro Municipal na manhã desta segunda-feira (19/12), o prefeito eleito de São Sebastião, Felipe Augusto (PSDB), revelou que a primeira medida do seu governo será a apresentação do projeto de reforma administrativa para a Prefeitura.

Sem anunciar os nomes que vão compor o governo, ele apenas antecipou algumas mudanças que ocorrerão no organograma do Executivo.

Serão criadas as seguintes secretarias: Secretaria da Pessoa com Deficiência e do Idoso; Secretaria de Planejamento; Secretaria de Urbanismo; e Secretaria de Desenvolvimento Social. A atual Secretaria de Habitação e Planejamento será extinta e terá apenas o Departamento de Habitação vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social. 

Já a Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur) dará lugar para a criação de uma Agência de Turismo (São Sebastião Tur – SSTur) e a cultura fica sob a administração da Fundação Deodato Santana.

“A reforma está sendo finalizada e estamos definindo os nomes do 2º e 3º escalões e acertando os secretários. Até o final da semana vamos divulgar. A ideia é enxugar a máquina reduzindo entre 30 e 40% dos cargos comissionados”, comentou.

Questionado sobre o relacionamento com a Câmara, Felipe Augusto diz que vai respeitar a independência dos poderes. “Vamos precisar dos vereadores até para aprovar a reforma administrativa. Porém, cada um vota de acordo com a consciência. Sobre a eleição, não vou interferir, até porque não voto”.

Ele também confirmou que o processo de transição de governo tem sido bem feito, porém, acredita que só terá a real situação financeira da Prefeitura em 2 de janeiro.

“Porém, nossa equipe está trabalhando e bem preparada para assumir o governo em plena temporada de verão. Temos uma preocupação especial com a coleta de lixo, o atendimento no Pronto Socorro Central e de Boiçucanga (Costa Sul) e montar uma boa equipe para a Defesa Civil se preparar para o período de chuvas”, revelou.

Diplomação
A cerimônia de diplomação ocorreu em um Teatro Municipal lotado e com forte calor. Entre os presentes, o prefeito de Caraguatatuba, Antônio Carlos da Silva (PSDB), o vice Antônio Carlos Júnior (PSDB) e a vereadora Vilma Teixeira (PSDB), além do prefeito eleito de Ilhabela, Márcio Tenório (PMDB).

Chamou a atenção a presença do atual prefeito de São Sebastião, Ernane Primazzi (PSC), já que em outras cidades os atuais não foram na cerimônia dos eleitos. Questionado pela imprensa, ele falou os motivos. “Fui convidado pelo juiz, meu filho foi reeleito vereador e fizemos o processo de transição normalmente”.

Comandada pelo juiz Paulo Guilherme, o prefeito eleito Felipe Augusto, o vice Amilton Pacheco (PSB) e os 12 vereadores para o próximo pleito receberam o documento oficial da Justiça Eleitoral.

O magistrado fez discurso rápido e depois leu um texto produzido para a cerimônia. O conteúdo falava do papel dos políticos e que os eleitos serão fiscalizados aos olhos da Justiça.

O único a falar com autorização do juiz foi o prefeito eleito Felipe Augusto. “Agradeço a Deus, minha família e pretendo trabalhar com humildade. “Quero resumir o meu discurso em três palavras: trabalho, trabalho, trabalho”.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário