Câmara de Ubatuba rejeita contas do ex-prefeito Eduardo César

Após perda do tucano nas eleições de 2016, o processo do TCE foi julgado nesta terça-feira (18)
O ex-prefeito teve as contas de 2011 e 2012 rejeitadas (Foto: Divulgação)

A Câmara de Ubatuba rejeitou as contas do ex-prefeito Eduardo César (PSDB) referentes aos exercícios de 2011 e 2012, seguindo parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que apontou um prejuízo superior a R$ 40 milhões aos cofres públicos. 

Passadas as eleições e com a derrota do tucano Eduardo César, as contas entraram em pauta na semana passada e a decisão foi tomada na noite desta terça-feira (18), com votos favoráveis apenas dos vereadores do partido do ex-prefeito.

O TCE havia emitido parecer contra os números em 2015. O relatório aponta renúncia de receitas, cancelamento e prescrição de dívida ativa, excesso de horas extras pagas a funcionários comissionados, falta de controle sobre os gastos com combustível, bens patrimoniais não registrados além de divergências em conciliações bancárias.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário