Vereadores faltam em votação para suplementação orçamentária

A sessão extraordinária previa a inclusão de R$ 9 milhões para o Festival de Jazz de Ilhabela, pagamento do Centro de Triagem, entre outras ações 
Os presentes levaram cartazes de apoio à suplementação da verba (Foto: Divulgação)

A votação do projeto de Lei 58/16, de autoria da prefeitura de Ilhabela, que previa suplementação orçamentária de R$ 9 milhões para a verba vigente, não foi realizada nesta terça-feira (20) por falta de quórum. Apenas três vereadores compareceram ao plenário e dois justificaram a ausência. Os demais, embora notificados via telefone, aplicativo de mensagem e email, não assinaram a convocação e não compareceram.

O projeto previa remanejamento para diversas pastas, entre elas saúde e turismo, além do pagamento de convênios, como por exemplo, com o Centro de Triagem, cujos funcionários contratados compareceram à sessão com cartazes de apelo aos parlamentares pela aprovação da matéria.

Também estavam presentes membros da Associação Comercial e Industrial do município, que queriam a aprovação do projeto para garantir a realização de eventos do calendário turístico, como o Festival de Jazz, previsto para o mês de outubro. 

A sessão foi aberta e suspensa por 30 minutos, mas como a maior parte dos vereadores não compareceu, acabou encerrada sem a votação do projeto.


Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário