Festival Cultural Vermelhos acontece em meio à floresta em Ilhabela

As apresentações de dança e música começam no dia 9 de setembro em um teatro no meio da Mata Atlântica
O primeiro encontro aconteceu em 2015 (Foto: Divulgação)

O arquipélago de Ilhabela recebe o festival de arte, Vermelhos 2016, com apresentações de música e dança no meio da floresta. O ciclo de espetáculos acontece de 9 a 11 de setembro no Anfiteatro da Floresta, que possui 300 lugares e fica na Ponta da Sela, extremo sul da cidade. As apresentações são gratuitas, mediante inscrição prévia.
   
No dia 9, Júlio Medaglia se apresenta à frente de Orquestra de Câmara, com o violonista Fábio Zanon e a soprano Camila Titinger, assim como a São Paulo Companhia de Dança, que apresentará três obras que incluirão o ‘pas-de-deux’ de “Carmen” com coreografia de Marcia Haydée, em estreia nacional. No dia 10, as apresentações serão da Orquestra Popular da Ilhabela, sob a regência do maestro Almir Clemente, de Cida Moreira, com seu premiado espetáculo ‘Soledade’, vencedor do Prêmio Governador do Estado pelo voto popular, e ainda Emmanuele Baldini regendo a Camerata Baldini, com o pianista Jean-Louis Steuerman e a soprano Rosana Lamosa. No dia 11, o ciclo continuará com as apresentações de Nelson Ayres à frente do Grupo Pau Brasil e de André Mehmari, completando-se com a apresentação da Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, que recentemente recebeu o Prêmio ‘Concerto 2014’ na categoria ‘Jovem Talento’, sob a regência do maestro Claudio Cruz e em concerto com o violoncelista Antonio Meneses.
 
O Complexo Cultural está em construção e fica a 18 km do Centro Histórico da cidade e a 12,5 km do terminal das balsas. É um complexo multicultural em construção, criado para tornar-se um núcleo de fomento às artes e à cultura e para contribuir para a difusão e democratização cultural. O Centro terá espaços destinados à realização artística em suas diversas manifestações, compreendendo música, teatro, dança, cinema, literatura e artes visuais, através de apresentações públicas, ações educativas, oficinas e atividades profissionalizantes. O projeto ainda inclui uma Residência Artística, conjunto de espaços para uso temporário de autores, artistas, acadêmicos e curadores – em todos os campos da criação artística e intelectual – para estadia no desenvolvimento de seus trabalhos de criação.

O complexo fica na Avenida Governador Mário Covas Júnior, nº 11.970, Ponta da Sela. As inscrições devem ser feitas pelos emails soraia.andriani@culturalvermelhos.org.br e marcia.carbone@culturalvermelhos.org.br ou pelos telefones 11-2344-6670 e 11-2344-6671.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário