Filipinho avança no Mundial de Surf e Medina perde na etapa do Rio

As disputas de Grumari, no Rio de Janeiro, começaram nesta terça-feira (10)
Gabriel Medina acabou em último lugar de sua bateria (Foto: Divulgação)

O surfista ubatubense, Filipe Toledo, o Filipinho, começou bem a etapa basileira do Campeonato Mundial de Surf. Já o campeão mundial, Gabriel Medina, ficou em último lugar de sua bateria, na praia de Grumari, que fica na reserva ecológica do Rio de Janeiro. O encontro estava marcado para acontecer na Barra da Tijuca, mas foi realocado por conta dos estragos causados pela ressaca do mar na estrutura montada para o evento.

A primeira fase das competições aconteceu nesta terça-feira (10), quando Filipinho derrotou o havaiano Dusty Payne e o americano Kanoa Igarashi, avançando diretamente para a terceira fase. Após duas etapas fora das disputas por conta de lesões, o atleta conseguiu a vitória com manobras aéreas e boas rasgadas, somando 13.77 pontos. 

Na segunda bateria do dia, Medina não conseguiu encontrar boas ondas e acabou sendo eliminado pelo italiano Leonardo Fioravanti e pelo australiano Stuart Kennedy. O brasileiro atingiu a nota de 11.80 e segue para a repescagem.


O atual campeão mundial Adriano de Souza, o Mineirinho, da cidade do Guarujá, também se deu mau na disputa e foi surpreendido pelo atual campeão júnior, Lucas Silveira, de 20 anos. O carioca venceu no último minuto contra o brasileiro e o havaiano Keanu Aising. Minieirnho também vai disputar a repescagem.

Entre os brasileiros, Italo Ferreira, Alejo Muniz e os convidados Lucas Silveira e Marco Fernandez foram outros a se darem bem na estreia. Wiggolly Dantas, Jadson André, Miguel Pupo, Alex Ribeiro, Bino Lopes e Deivid Silva foram derrotados e também precisarão decidir a sobrevivência no 2° round.Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no Twitter
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário