Ubatuba abre vagas para médicos com salários de R$ 12 mil

Inscrições devem ser feitas até 15 de abril na Secretaria de Saúde
A médica Evelin é mais uma das novas profissionais de Ubatuba (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Saúde de Ubatuba realiza processo seletivo em caráter de urgência para contratação de três profissionais para o cargo de médico clínico geral. O trabalho é de 40 horas semanais e o salário é de R$ 12 mil mensais.

O preenchimento da ficha de inscrição, entrega de currículo e demais documentos devem ser feitos até o dia 15 de abril, das 9h às 17h, na Secretaria Municipal de Saúde, localizada à Rua Batista de Oliveira, 303 – Silop – Ubatuba (SP).

O contrato de trabalho será regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e terá duração de até seis meses, contados a partir da data da assinatura do contrato, podendo, a critério da Secretaria Municipal de Saúde, ser prorrogado por até mais seis meses, observando avaliação de desempenho e assiduidade dos profissionais.

Os editais completos referente ao processo, bem como a documentação necessária, estão disponíveis no link – http://ubatuba.link/pF

Mais Médicos

A cidade de Ubatuba mais que dobrou o número de profissionais médicos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) após contrato firmado com o Ministério da Saúde para o projeto Mais Médicos. Em setembro de 2015, duas médicas chegaram para integrar as equipes de saúde da Estufa II e Marafunda. Além disso, foram contratados outros dez especialistas. 

Caps e Cread

Ubatuba agora também tem atendimento às pessoas com transtorno mental e usuários de álcool e outras drogas com a implantação do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e do Centro de Referência Estadual em Álcool e Drogas (Cread).

Santa Casa

Outro contrado firmado recentemente com a Santa Casa prevê um investimento municipal de aproximadamente R$ 25 milhões para prestação de serviços. O valor equivale a mais de R$ 2 milhões por mês e são provenientes das receitas do próprio município e de repasses do governo federal (R$ 6 milhões), sem participação do governo estadual.



Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário