Ubatuba proíbe fogos de artifícios para proteger animais

Em Ilhabela também tramita projeto que prevê a proibição dos artefatos
Fogos barulhentos estão proibidos em Ubatuba (Foto: Divulgação)

A cidade de Ubatuba proibiu o uso de fogos de artificios para proteger os animais, que sofrem com a explosão e o barulho dos artefatos. Os vereadores da cidade aprovaram por unanimidade, na última terça-feira (22), o projeto de lei que determina o uso de fogos silenciosos em eventos públicos e particulares em todo o município. 

O projeto conta com apoio de ONGs e e grupos protetores de animais, que estiveram presentes na sessão e apresentaram um abaixo-assinado com 371 assinaturas. A iniciativa é do vereador Reginaldo Fabio de Matos (PMDB) e segue, agora, para sanção do prefeito Maurício Moromizato (PT).

De acordo com ambientalistas, as explosões de fogos de artifício barulhentos causam diversos danos aos animais, sobretudo os silvestres. É o caso de aves que se assustam e abandonam os ninhos, bem como mamiferos que fogem da mata desorientados e acabam sendo atropelados. Além dos animais domésticos, que possuem alta sensibilidade auditiva e sofrem com o barulho, como cães e gatos.

No arquipélago de Ilhabela também tramita uma lei parecida. O projeto de lei pede a proibição da queima de fogos de artifício e outros artefatos pirotécnicos em eventos realizados com a presença de animais ou em áreas próximas a locais onde se abrigam animais de qualquer espécie, inclusive silvestres. 

Com base em legislações federais e estaduais, a propositura não pretende proibir por completo a utilização desses artefatos, mas sim normatizar sua utilização, buscando alternativas eficazes para tratar de problemas. “Esse é um pleito antigo de muitas pessoas que estavam aguardando esse projeto. Além dos nossos animais domésticos, precisamos levar em consideração o fato de estarmos colados em área de Parque Estadual”, ressaltou o vereador Sampaio Junior (Rede).
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

3 comentários: