Vereador de Ilhabela denuncia aluguéis de R$ 3 milhões pagos pela prefeitura

Prédios do Projeto Guri e PAT tem locação mensal de R$ 250 mil
Prédio do PAT é um dos focos da denúncia (Foto: Divulgação)

O vereador de Ilhabela Sampaio Júnior (REDE) enviou ofício à prefeitura da cidade, na última semana, solicitando informações sobre o montante pago mensalmente, no exercício 2015, para locação de imóveis públicos. Segundo o Portal da Transparência do Poder Executivo, o aluguel do imóvel destinado à instalação do Projeto Guri é de R$ 3 milhões anuais, tendo como favorecida Beatriz Tomassini Bossard. O mesmo ocorre com Edna Maria Gonçalves que também receberia R$ 3 milhões para instalação e funcionamento do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT).

O parlamentar também solicitou cópias dos contratos de locação para esclarecimento do caso. "Diante de cópia do documento ‘printado’ do site da prefeitura, acreditamos que o Poder Executivo deve explicações à sociedade ilhabelense sobre os recursos empregados para o fim a que estão sendo mencionados, afinal o montante de aproximadamente R$ 250 mil mensais nos parece extremamente exagerado para o que se destina”, argumentou o vereador Sampaio, que aguarda resposta por parte da administração municipal.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário