Proteção da pesca artesanal é tema de sessão de cinema no Bonete

Filme "Mar sem Fim" trata do impacto da pesca industrial para a cultura caiçara
Canoa caiçara é um dos patrimônios do Bonete (Foto: Nova Imprensa)

Cerca de 30 pessoas da comunidade tradicional da Praia do Bonete, em Ilhabela, participaram de uma sessão de cinema sobre a importância da proteção da pesca artesanal. O filme "Mar sem Fim" foi exibido no último sábado (20) com a presença do autor e protagonista, João Lara Mesquita. O filme trata da questão da pesca artesanal e industrial e do impacto que os estoques pesqueiros produzem sobre a atividade econômica dos pescadores caiçaras.

Após a apresentação do filme, houve um debate junto aos moradores acerca de algumas experiências com comunidades do Brasil que também passaram por pressões associadas à especulação imobiliária. Além dos impactos causados pelos processos de crescimento econômico, a exemplo do que vem ocorrendo no Litoral Norte com a ampliação do Porto de São Sebastião, abertura de novos acessos, ampliação de estradas de rodagem e incremento do setor de combustíveis como o Pré-Sal e Acoolduto.

O filme aborda também a necessidade de políticas públicas municipais, estaduais e federal no incentivo de economias criativas, solidárias e sustentáveis, como o ecoturismo, turismo de base comunitária, aquicultura, e outras opções econômicas para populações tradicionais.

A iniciativa faz parte do Projeto Sonhar, com o apoio da Associação Bonete Sempre e do Instituto Bonete. A ideia que marcou o encontro foi acerca da importância de criar uma reserva extrativista que promova garantias de manutenção da atividade pesqueira, da cultura de canoas, entre outros temas associados aos patrimônios ambiental e cultural dos povos e comunidades tradicionais caiçaras na região.

O autor

João Lara Mesquita  percorreu por três vezes toda a costa brasileira registrando e vivenciando experiências com comunidades tradicionais, unidades de conservação, cultura e tecnologia das embarcações, entre outras potencialidades e fragilidades  existentes na zona costeira brasileira. A produção da série "Mar sem Fim" é resultado de anos de pesquisas e viagens do autor.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário