Ki-Fogo do Pontal da Cruz é tricampeã do Carnaval de S.Sebastião

Acadêmicos de São Francisco ficou em segundo lugar, Mocidade Independente da da Topolândia em terceiro e X-9 Costa Norte em quarto
(Foto: Nova Imprensa)

Ki-Fogo do Pontal da Cruz é a campeã do Carnaval 2016, realizado pela Prefeitura de São Sebastião, ao final da apuração dos votos dos jurados, que aconteceu no final da tarde desta segunda-feira (8), no Anfiteatro do Complexo Turístico da Rua da Praia, no Centro Histórico da cidade.

Após a leitura das notas feita pela diretoria da Associação Sebastianense das Entidades Carnavalescas (Asec), o público que torcia pela vencedora fez a festa, saindo em carreata na sequência até a sede da escola. Vencendo o carnaval da cidade pelo terceiro ano consecutivo, o GRES - Grêmio Recreativo Escola de Samba Ki-Fogo do Pontal da Cruz totalizou 179,2 pontos.

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos de São Francisco conquistou o vice-campeonato com 177, 5 pontos. O terceiro lugar foi para a Mocidade Independente da Topolândia, com 176, 7 pontos, e a quarta colocação para o Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba X-9 Costa Norte, com 169,1 pontos.

O enredo vencedor trouxe magia, mistério e encantamento para a avenida com o tema “Ki-Fogo no Mundo Encantado de Mistérios e Magias”, que trouxe o personagem Ozzé, criado pela comissão de carnaval, para viver uma viagem lúdica e fantasiosa pela avenida, contagiando o público.

Mais uma vez a escola investiu num tema ilusório e fantasioso com ‘Ozzé’ embarcando em uma aventura e encontrando-se com grandes seres da natureza, que lhes apresentam muitos mistérios, magias e segredos do mundo oculto e da imaginação. O desfile trouxe duendes, gnomos e fadas que conduziram a história por outros grandes personagens do mundo encantado, como as ciganas que consultaram os astros e a bola de cristal para conduzir o personagem, encerrando com referências a seres da mitologia grega, tudo carregado na criatividade e conduzido com muita garra pelos membros da comunidade do Pontal da Cruz.

Segundo a diretoria da escola, a proposta da Ki-Fogo era levar ao público uma viagem junto com este menino, despertando assim, o lado lúdico e fantasioso que de alguma forma existe dentro de cada um de nós, tendo como combustível muita alegria e empolgação.

A proposta deu certo. Ao final da apuração o presidente da agremiação falou sobre mais esta conquista. “O título mais uma vez é fruto de muito empenho e muito trabalho de uma comunidade voluntária que se dedica muito, até demais, ultrapassando limites, exaurindo forças pra que tudo dê muito certo no desfile, portanto esse título é de cada uma dessas pessoas que se desdobraram pra conquistar mais uma vitória, pois depois de tanto trabalho, mesmo com corpo e mente exaustos, eles conseguiram entrar na avenida e proporcionar um espetáculo tão lindo e conquistar o voto mais importante: o do julgamento popular”, declarou Willer Borges.

Rodrigo Leite Tavares, de 11 anos, que incorporou o personagem Ozzé e brilhou junto à comissão de frente numa coreografia caprichada e repleta de encenações, também falou emocionado com a vitória. “Eu já desfilei em escola de samba só que sempre na ala das crianças, mas este ano a Ki-Fogo me deu esta grande responsabilidade e oportunidade de fazer o que eu gosto que é sambar, confesso que estava com muito medo de errar, mas com tantos ensaios eu consegui fazer tudo certo e estou muito, mas muito feliz mesmo. Obrigada a escola e a comissão de frente”.

Confiram as demais classificações por quesitos:

Mestre Sala e Porta Bandeira
X9
Ki-Fogo

Fantasias
Ki-Fogo

Alegorias
Ki-Fogo

Bateria 
Mocidade Independente da Topolândia
Acadêmicos de São Francisco
Ki-Fogo

Comissão de Frente
Acadêmicos de São Francisco
Ki-Fogo

Samba Enredo
Mocidade Independente da Topolândia

Enredo
Mocidade Independente da Topolândia

Harmonia
Acadêmicos de São Francisco
Ki-Fogo

Evolução
Ki-Fogo
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário