Escolas de samba de Ilhabela disputam título do Carnaval 2016 a partir de domingo (7)

A folia da ilha conta também com blocos, bailes populares com DJs, matinês nas praias e o famoso “Banho da Doroteia”
(Foto: Divulgação)

O tradicional desfile das escolas de samba do Carnaval de Ilhabela começa oficialmente neste domingo (7), na Vila. Serão seis agremiações na disputa pelo título 2016, em dois dias de apresentações. A festa da ilha conta também com blocos, bailes populares com DJs, matinês nas praias e o famoso “Banho da Doroteia”, até o dia 9 de fevereiro.

A abertura será às 22h, com a apresentação da Corte Momesca. Em seguida, às 22h30, desfila o tradicional “Bloco da Camisinha”, uma iniciativa da prefeitura, por meio da Divisão de Vigilância Epidemiológica (VE) da Secretaria de Saúde. Desfilarão ainda na sexta o Bloco do Mário, Bloco do Frade e Piratas do Portinho. No sábado (6), às 17h, tem matinê com a banda Bêdesol, na praia do Perequê. Já na Vila, às 22h30, começam os desfiles de blocos Azul e Branco, União da Ilha, Unidos do Pequeá, Unidos do Morro, Banda das Bonitas e Tim Malha. No domingo (7) a matinê é na Praia Grande, no sul da ilha, onde acontece o Banho da Doroteia às 17h.

O tradicional desfile das escolas de samba, também começa neste domingo, às 23h, na Vila. Entram na avenida avenida neste dias as agremiações: Água na Boca, Unidos de Padre Anchieta e Mocidade Independente de Ilhabela. Já na segunda-feira (8), desfilam as escolas de samba Unidos do Garrafão, Acadêmicos Leões do Ita e Mocidade Sul da Ilha.

Na terça-feira de Carnaval (9/2), às 14h, acontece o tradicional Banho da Doroteia, na Vila, e às 23h e a Apoteose com as campeãs.

Escolas de samba

Água na Boca

O Grêmio Cultural Escola de Samba “Água na Boca” será a primeira escola a desfilar na passarela do samba. A escola vai abrir o desfile às 23h, com o enredo “Os 7 Pecados”, de autoria de Noemi Petarnella.O presidente da entidade, Fábio Petarnella, explica que o desfile vai levar para a avenida as tentações para o ser humano e os pecados, mas também a redenção. O público vai assistir a representação dos conceitos sobre as condições humanas conhecidas historicamente.Neste ano a Água na Boca vai levar para a passarela cerca de 400 integrantes em seis alas que vão trazer três carros alegóricos. 

Unidos de Padre Anchieta

“Transformando Sonhos em Realidade” é o enredo da escola de samba Unidos de Padre Anchieta, cujo autor é o próprio presidente da entidade Mário Sérgio de Jesus.
A escola vai entrar na avenida à 0h20 do domingo (7) com 500 componentes distribuídos em sete alas, além de quatro carros alegóricos e 60 ritmistas, conhecidos pelas altas notas de bateria no Carnaval de Ilhabela.

Mocidade Independente de Ilhabela

A magia da Floresta Amazônica é o tema deste ano do Grêmio Recreativo e Cultural Escola de Samba Mocidade Sul da Ilha. "Com a saga milenar das matriarcas florestas, a Mocidade faz a sua festa" é o enredo, de autoria de João Batista Dias, mais conhecido como Joãozinho do Pagode. O desfile será realizado à 1h40 da madrugada de domingo para segunda-feira. Um total 300 integrantes serão distribuídos em oito alas que contarão com quatro carros alegóricos e 60 ritmistas.

Unidos do Garrafão

“O sonho do menino Chico Firula” é o enredo do Grêmio Recreativo e Escola de Samba “Unidos do Garrafão”. A homenagem a Chico é de autoria do presidente da escola, Cleber dos Santos, e do professor Adilson. O desfile será realizado na segunda-feira de Carnaval, às 23h, com cerca de 350 componentes distribuídos nas seis alas. Serão quatro carros alegóricos e 60 ritmistas.

Leões do Ita 

O Grêmio Recreativo e Cultural Escola de Samba Acadêmicos Leões do Ita se prepara para levar uma verdadeira festa a céu aberto para a passarela, na noite da segunda-feira. O enredo “Vamos Brincar, Pular e Comemorar a vida! O Ita é só Felicidade!” é de autoria do Maestro Jota Jota, que também é o autor do samba enredo. O desfile promete levar cerca de 500 componentes para a passarela e que vão animar oito alas. Serão quatro carros alegóricos alegrando o desfile.

Proibições na avenida

O uso de spray de espuma e o consumo em recipientes descartáveis de vidro, durante o Carnaval, foi proibido por decreto da prefeitura. A medida vale no trecho entre a Avenida Dona Germana até o término da Avenida Força Expedicionária Brasileira, na Vila, incluindo as ruas do Centro Histórico.

Outra proibição, prevista é a colocação de mesas e cadeiras nas vias públicas da Vila durante o período de Carnaval, a partir das 21h. Em caso de descumprimento do decreto, o comerciante será multado e terá as mesas e cadeiras apreendidas.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário