Ilhabela completa 210 anos com crescimento na receita e na população

Alto faturamento com petróleo e natureza mais exótica do mundo são destaques em 2015
Ilhabela é considerada destino mais exótico do mundo (Foto: divulgação)

Uma ilha cercada de tradições e lendas, famosa por ter sido rota de piratas e corsários durante séculos, Ilhabela completa 210 anos de emancipação nesta quinta -feira (3) e continua atraindo pessoas de todo o mundo. Hoje a cidade lidera o crescimento populacional do Litoral Norte e atinge os 32 mil habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Os moradores e turistas que chegam a cada dia são atraídos pela bela natureza e pela qualidade de vida local, mas o faturamento de royalties (compensação financeira paga aos municípios afetados por terminais de petróleo e gás natural) da cidade também atrai muitos olhares. A previsão é que os repasses cheguem a mais de R$ 150 milhões no ano de 2015. 

Ilhabela teve diversos movimentos migratórios ao longo de sua história. É o caso do boom da construção civil que se deu em meados dos anos 80, quando pessoas migraram do Brasil inteiro, especialmente dos estados de Minas Gerais e Bahia. Em busca de trabalho, os operários formaram família e povoaram novas localidades, como o Morro dos Mineiros, e representam, hoje, a maior parcela da força de trabalho da cidade.

De acordo com Amélia de Souza Almeida, costureira de 80 anos, nos anos 60 e 70, não existia nada nos morros de Ilhabela. Ela é moradora do entorno do Morro dos Mineiros e explica que há alguns anos, só existiam fazendas e engenhos na região. “Eu sou filha da ilha e na minha infância, contava cinco casas por aqui. Não tínhamos água encanada nem luz e o acesso era feito apenas por trilhas. Hoje tem até show de gente famosa por aqui”, conta ela, se referindo às atrações de comemoração do aniversário da cidade.

Sobre esta mudança na demografia, o Instituto llhabela Sustentável (IIS) afirma que a cidade pode sofrer danos ambientais e impactos na qualidade de vida dos moradores e no turismo. "Ilhabela tem uma das maiores taxas de crescimento populacional do estado de São Paulo. Os impactos são diversos, tais como a ocupação desordenada (hoje Ilhabela possui 17 núcleos de ocupação em áreas de proteção ambiental), desmatamento e caça predatória. Além da crescente falta de balneabilidade das praias do canal devido a falta de coleta e tratamento de esgoto eficiente. Outro ponto a ser destacado é a falta de água, em especial na região sul da ilha, onde já existem conflitos pela escassez da água nos períodos de seca", afirmou a ambientalista, Gilda Nunes.

O petróleo

Ainda segundo o IIS, outro ponto estratégico para o alto crescimento populacional da cidade é o atual projeto de expansão do Porto de São Sebastião. "A ampliação do Porto e o cresimento de outros grandes empreendimentos ligados a cadeia de petróleo e gás já instalados na região são os  principais motivos do crescimento da região. Tais planos acabam incentivando a vinda de mais pessoas com a expectativa de conseguir trabalho, quando na realidade, a oferta de emprego para trabalhadores com baixa qualificação, é mínima", afirmou Gilda.

Relatório divulgado pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) indica que o arquipélago recebe quase 50% dos valores pagos ao Litoral Norte. Em junho foram destinados cerca de R$ 29 milhões em royalties para a região, sendo R$ 13,8 milhões pagos para Ilhabela. A cidade está na frente do Campo de Sapinhoá, na camada pré-sal da Bacia de Santos, e por isso recebe como município produtor. 

A natureza

Ilhabela foi considerada o destino mais exótico do mundo, de acordo com o ranking Best Beach Awards 2015, do canal americano Travel Channel, e foi escolhida entre regiões litorâneas de países, como Estados Unidos, Grécia e Uruguai. O estudo ressalta que 85% do território da cidade encontra-se em reservas naturais do Parque Estadual e lembra que a ilha integra, também, o plano de proteção de ecossistemas da Unesco. Outro destaque do texto são as atrações culturais do arquipélago. “Além da beleza natural, os turistas podem aproveitar a popular semana de navegação, explorar naufrágios subaquáticos e lendas de tesouros e piratas”, descreve o documento. 

A advogada Amanda Santos, 39 anos, deixou um emprego sólido na cidade de São Paulo para mudar radicalmente seu estilo de vida e de sua família em Ilhabela. “A natureza daqui é muito especial. Já viajei pelo mundo e escolhi aqui como casa, pois é um refúgio de paz, pertinho da cidade grande e com paraísos escondidos. Esta aura torna o ambiente perfeito para praticar esportes, criar suas crianças com saúde e resgatar a si mesmo”, explicou ela.
Comemorações

A primeira fazenda da ilha cresceu no bairro da Água Branca, um dos locais mais populosos hoje em dia e palco, justamente, das principais atividades esportivas e culturais, voltadas para os moradores da cidade. No bairro fica a Praça de Eventos e Lazer do Galera, um espaço com palco a céu aberto, galpão para eventos e uma pista de skate. Lá acontecem as comemorações dos 210 anos.


Este ano, a programação tem mais de 10 atrações de cantores famosos que acontecem até o dia 7 de setembro. Os destaques são Fernando e Sorocaba, nesta quinta-feira, Banda Malta, Jeito Moleque, Roupa Nova, entre outros. Veja a programação completa: http://www.novaimprensa.com/2015/08/fernando-e-sorocaba-amado-batista-malta.html 

O bairro da Água Branca possui também uma das maiores trilhas da ilha, um percurso de 4,4 Km em meio a Mata Atlântica. A Trilha da Água Branca nos leva a cinco piscinas naturais com quedas e poços para mergulho. Um passeio cercado pelos tucanos, macucos e caxinguelês que ali vivem há bem mais de 210 anos.

Ônibus a R$1

Em razão das comemorações, a tarifa do transporte público de Ilhabela está saindo por R$1 desde a última quinta-feira (28). A medida vale para quem usa o bilhete único e vai até o dia 7 de setembro. A medida é fruto de um decreto da prefeitura e a diferença do valor é subsidiada pela administração, mas para quem pagar em dinheiro a taxa é de R$ 3,40. O objetivo é facilitar o acesso das pessoas às atrações que acontecem na cidade.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário