Uso de celular é liberado na Câmara de Caraguá

Projeto que vetaria o celular foi rejeitado nesta terça (4)
Primeira sessão ordinária do segundo semestre )Foto: Divulgação)
Os vereadores de Caraguatatuba votaram contra o projeto que proibiria o uso de telefonia móvel no plenário da Câmara Municipal, na noite desta terça-feira (4). O documento rejeitado é de autoria de Francisco Carlos Marcelino (Carlinhos da Farmácia) e prevê a proibição de telefones móveis durante as sessões ordinárias, extraordinárias, solenes ou outros eventos convocados pelos poderes Legislativo e Executivo.
Se aprovado, os munícipes que estivessem no Plenário Benedito Zacarias Arouca acompanhando as sessões, também não poderiam atender ligações ou navegar na internet, podendo o presidente da Câmara solicitar ao usuário a retirada do plenário.
De acordo com Carlinhos da Farmácia, o intuito era combater o desrespeito e a falta de limite do uso, o que, segundo ele, prejudica o bom andamento dos trabalhos do parlamento e que caso precise atender, a pessoa deveria se ausentar do local.
A próxima sessão acontece na terça-feira, dia 11, às 19h30, e pode ser acompanhada por todos.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário