Estado anuncia 285,2 milhões para a saúde

Programa do governo prevê construção de hospital, além de UBSs e Caps, em parceria com o BID
O governador e o prefeito de Caraguá em São Paulo (Foto: Divulgação)

O prefeito Antonio Carlos da Silva se reuniu com o governador Geraldo Alckmin nesta quinta-feira (27), para a assinatura dos convênios do programa estadual “Saúde em Ação”, da Secretaria de Estado da Saúde. Serão investidos, em parceria inédita com Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), R$ 251,9 milhões extras para fortalecer a saúde pública em Caraguatatuba.

Os valores serão usados na construção do Hospital Regional, uma Unidade Básica de Saúde (UBS), dois Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e reforma da ala psiquiátrica da Santa Casa Stella Maris.

Além de Caraguá, Ubatuba, São Sebastião, Ilhabela e Taubaté também serão beneficiadas pelo programa “Saúde em Ação”. Ao todo, serão realizadas cinco obras de construção ou reforma em cinco municípios, com investimento total de R$ 285,2 milhões. “Além das obras, teremos requalificação, treinamento de recursos humanos, informatização de todo sistema e regionalização", declarou o governador Geraldo Alckmin. "A prioridade foi atender as regiões com mais necessidade e as que crescem muito", acrescentou.

Os recursos também incluem a construção e reformas de UBS, construção de Caps e a reforma do Departamento Regional de Saúde nos municípios de Ilhabela, São Sebastião, Ubatuba e Taubaté.

Do total a ser investido por meio da parceria, 70% são provenientes do empréstimo firmado com o BID e 30% são de recursos do tesouro do Estado. As regiões que irão receber os investimentos do BID foram escolhidas pela Secretaria após um estudo que teve como critérios questões epidemiológicas e necessidades regionais, e os recursos terão o prazo de cinco anos para serem concluídos.

Para o prefeito Antonio Carlos, essa parceria é muito importante para os munícipes. “Com essa parceria podemos melhorar ainda mais o atendimento a Saúde, construindo uma nova UBS, unidades do CAPs e também o Hospital Regional de Caraguatatuba, uma antiga reivindicação não só dos moradores da cidade, como também de todo o Litoral Norte”, disse.

Essa parceria entre o Governo do Estado e o BID, além de proporcionar a construção e reforma de unidades de saúde, irá permitir a reorganização dos fluxos de assistência à saúde da população, em parceria com os municípios beneficiados pelo programa.


Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário