Mulher tenta entrar no CDP com 90 gramas de maconha nas partes íntimas

Durante a revista, suspeita tentou negar a presença da droga, mas confessou em seguida
Maconha apreendida (Foto: Divulgação)

Por Mara Cirino

Uma mulher foi presa em flagrante no fim de semana ao tentar entrar no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caraguatatuba com quase 100 gramas de maconha escondida nas partes íntimas. C.J.S., 38 anos, ia visitar o marido, F.G.S., mas disse que o entorpecente era para outro detento.
 
Durante a revista, a agente penitenciária percebeu a presença da droga e a suspeita tentou negar que estivesse escondendo algo. Apenas depois que outra funcionária foi chamada ela revelou a verdade. “Só assim ela confessou que estava com a maconha na vagina”, disse a funcionária. Ainda de acordo com a agente, a mulher contou que visitaria seu marido, mas a droga não seria para ele.
A versão da suspeita era de que ela teria sido procurada por uma outra visitante que pediu que entregasse a droga ao companheiro dela. Entretanto, de acordo com a polícia, os nomes da visitante e de seu marido não foram revelados.
 
Após a pesagem, foi constatado que a maconha tinha 90,8 gramas. A droga foi apreendida e a suspeita encaminhada para a Cadeia Feminina de Ubatuba.


Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário