Crianças da Apae recebem terapia com utilização de cavalos em Ilhabela

As aulas serão às sextas-feiras, na hípica da Barra Velha
As crianças da Apae de Ilhabela começaram a receber terapia utilizando cavalos, nesta sexta-feira (17). Já
Equoterapia  une saúde e educação (Foto: Divulgação)
são dez alunos participando das aulas, que devem acontecer semanalmente, nos períodos da manhã e tarde, na hípica da Estrada do Camarão, que fica no Alto da Barra Velha.

A equoterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem multidisciplinar nas áreas de saúde e educação para pessoas com deficiências e necessidades especiais, buscando o desenvolvimento biopsicossocial, reabilitação, e inserção social para melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

Para a terapeuta ocupacional Cintia Regina dos Santos, coordenadora do projeto, a primeira mudança é o comportamento, especialmente na percepção corporal, postura e autoestima. “Rapidamente notamos estas mudanças, o saber que é capaz, a aprendizagem dentro e fora de casa também melhora. A equoterapia realmente traz inúmeros benefícios”, destacou.

A fonoaudióloga do programa, Marcela Kellerman, falou sobre alguns casos trabalhados com a equoterapia. “Temos aqui um jovem com esquizofrenia e que teve significativa melhora de comportamento, relatada pela própria mãe. Uma criança de 8 anos, com autismo e que ainda não fala, mas que aqui trabalhamos o desenvolvimento da linguagem e a atividade social”, contou.

Já o equitador Tiago Nicolin, que é proprietário da hípica e presidente da Ong “Equoilha”, considera que este é um sonho realizado. Ele trabalhou cinco anos na Acalento, em Caraguatatuba, e comemora a implantação do projeto na cidade. “É uma grande conquista poder oferecer a equoterapia em Ilhabela. Este é um serviço muito gratificante, no qual vemos a evolução constante do praticante”, disse Nicolin.

A equipe multidisciplinar é formada também pela fisioterapeuta Michele Dias e o professor de educação física Fernando Silva.O projeto é uma parceria entre a Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Educação, Apae e Associação de Equoterapia de Ilhabela (Equoilha).
 

Mais informações podem ser obtidas na própria Apae, cuja sede fica na rua Pedro Alves da Cruz, 43, no Perequê, ao lado da Secretaria de Educação.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário