Servidores aprovam paralisação para agosto e prometem ofensiva contra vereadores

Funcionários querem se reunir com vereadores, realizar manifesto e redigir uma carta aberta a população
Por Acácio Gomes
(Foto: Divulgação)

Cerca de 60 servidores públicos de São Sebastião participaram na manhã deste sábado (27/6), na sede Sindserv, de uma assembleia que definiu uma nova paralisação da categoria prevista para ocorrer em 11 de agosto.
Sem acordo e contraproposta por parte da administração, os funcionários decidiram ainda que vão convidar os vereadores para uma reunião, realizarão um manifesto em 7 de setembro e vão confeccionar uma carta aberta a população.
O Sindicato pede um reajuste de 15,63% (índice acumulado de 2014 e 2015), porém a administração concedeu 6,28% de aumento.
A proposta de pagamento dos 9,35% seria de 4,70% a partir de julho e outros 4,65% em outubro, porém foi rechaçada pela prefeitura, que quer que a discussão só volte a ser feita em três meses (setembro).
A administração quis, ainda, condicionar o pagamento do percentual à decisão final do imbróglio jurídico travado com a Petrobras, que têm repassado o IPTU em juízo. Ou seja, a prefeitura pretende dar o aumento para os servidores apenas se o dinheiro da estatal for liberado.
Segundo a presidente do Sindserv, Audrei Guatura, como não houve nenhuma manifestação por parte da administração, o movimento continua.
“Vamos continuar buscando o direito dos servidores. Agora, vamos pressionar os vereadores”, disse.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário