Protetores cobram a volta da castração de animais em Ubatuba

Desde março o programa foi encerrado com a troca da empresa que gerencia programas de Saúde
Cachorra cadastrada no programa Ajuda Animal (Foto: Divulgação)

Por Mara Cirino

Protetores independentes de animais estão cobrando a Secretaria de Saúde de Ubatuba para que volte com o programa de castração de cães e gatos no município. A veterinária que fazia o serviço teria pedido para sair quando foi encerrado o convênio PSF - Santa Casa, em fevereiro deste ano, e uma Organização Social (OS) iniciou a administração nos programas de saúde.

Silviane Neumann faz parte da entidade Ajuda Animal como protetora e conta que ela outros membros pagavam para que os animais fossem castrados como forma de controle populacional. Em março passado, o serviço foi suspenso e a expectativa é de que retorne o mais rápido possível.

A problemática chegou à Câmara dos Vereadores e a parlamentar Flávia Pascoal enviou ofício cobrando pelo serviço. 

Em resposta, a veterinária do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Márcia Regina Rangel Araújo, confirmou o encerramento do projeto pela falta de profissional e destacou que a responsabilidade do órgão, de acordo com a Portaria 1.138 de 2014, do Ministério da Saúde, “as cirurgias de esterilização de cães e gatos, como estratégia de controle da população desses animais, assim como qualquer outra ação voltada para este fim, somente devem ser executadas em situações excepcionais, em áreas determinadas, por tempo definido, para o controle da propagação de zoonoses de relevância para a saúde pública”.

Apontou, ainda que de março de 2007 a maio deste ano foram realizadas 6.262 castrações de cães e gatos e aguarda a contratação de um novo profissional para dar continuidade ao serviço.

Essa também é a informação do prefeito Maurício Moromizato (PT) que justificou que a veterinária que atendia anteriormente não teria aceitado o valor do salário oferecido pela OS que agora é responsável pelos programas de saúde. “Corremos atrás para conseguir um profissional que possa atender a população animal”, disse.

Retorno
A Prefeitura de Ubatuba informou que em julho será divulgado um novo calendário para o Programa de Esterilização de Cães e Gatos.

De acordo com a administração, a veterinária Jessica Cisotto Rocha, responsável pelo trabalho na cidade em 2014, confirmou sua participação na iniciativa em 2015.

“Tivemos êxito na contratação da Jessica e ela voltará a realizar a castração, finalizando o cronograma pré-estabelecido no final de 2014”, explicou Jorge Ribeiro, coordenador de Vigilância da Secretaria de Saúde.

Segundo Ribeiro, o planejamento contou com estudo referente a população de cada localidade, sua equipe atendeu toda costa norte da cidade e conseguiu cumprir o cronograma no ano passado.

“Diferente de outros anos, o programa teve um enfoque operacional e educativo, pois obedeceu regras para que os interessados tivessem acesso”.

Ainda segundo ele, em julho será divulgado o novo cronograma, conforme necessidade técnicas, baseado em real impacto no controle populacional de cães e gatos.

O cadastro socioeconômico e as regras utilizadas em 2014, como participar da reunião e assistir a palestra sobre posse responsável e doenças características de cada bairro, continuam valendo.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário