PM prende Casa Branca, acusado de, no mínimo, 10 roubos na Costa Sul

O homem estaria com dinheiro e arma no meio do mato em Boiçucanga e teria confessado três roubos a comércios do bairro
Polícia acredita que outras vítimas podem reconhecê-lo pelas tatuagens

A equipe da Polícia Militar localizou na última semana um rapaz procurado por diversos crimes na Costa Sul de São Sebastião. Os policiais ressaltam que a população vai “respirar aliviada” após a prisão de W.E.S., 19 anos, conhecido como “Casa Branca”, e que estaria envolvido em, no mínimo, 10 roubos a moradores, turistas e comércios de Boiçucanga e região. A PM teria encontrado W. no meio do mato e apreendido um revólver calibre 38 e aproximadamente R$ 1,7 mil que estariam com o acusado.

Segundo a PM, “Casa Branca” teria confessado na delegacia que o dinheiro era resultado de um roubo que tinha acabado de realizar na Praça de Maresias. O acusado ainda teria confessado ao delegado a participação em três roubos passados, o da Padaria Shopping Água Viva, da Litorânea que fica em Boiçucanga e da Pousada Larimor.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, já era noite quando os policiais realizaram uma incursão a pé por uma trilha e permaneceram lá por horas para tentar surpreender delinquentes que utilizam a mata como rota de fuga. Quando a equipe descia a trilha que da acesso à Rua dos Marinhos, em Boiçucanga, teriam avistado dois rapazes que desciam de um táxi amarelo.


Assim que os rapazes entraram na mata foram abordados pela equipe que descobriu que se tratava de “Casa Branca” e de “Lukinha”. Os policiais contam que W. possui um mandado de prisão temporária contra ele e confirmaram que estavam na presença do procurado pelas tatuagens das mãos dele. O outro rapaz já seria conhecido dos meios policiais por roubos e furtos também na Costa Sul, conforme informado pela PM.
Dinheiro e arma apreendidos pela PM

Os dois receberam voz de prisão em flagrante e foram levados à delegacia. 

“Casa Branca” ainda teria contado que comprou a arma por R$ 1,5 mil. A autoridade policial determinou que Casa Branca permanecesse à disposição da Justiça por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. 

O Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil da Costa Sul averigua a ligação de “Casa Branca” com outros crimes cometidos na área. Os policiais acreditam que muitas vítimas podem reconhecê-lo pelas tatuagens. Quem quiser entrar em contato com o investigadores pode ligar no (12)3865.1163.

O chefe do SIG da Costa Sul explica que "Casa Branca" já está indiciado em 10 roubos na Costa Sul e acredita que este número deve aumentar, principalmente se comprovar a ligação de W. em crimes cometidos na última temporada. "Além dele, outros comparsas identificados em outros roubos também devem ter as prisões decretadas. Estamos em contato diariamente com as vitimas para identificação dos criminosos", afirma o investigador. 

"Com certeza a comunidade da Costa Sul irá ter um pouco mais de tranquilidade. No que depender do Setor de Investigações ele ficará muitos anos preso, uma vez que são casos graves, de roubo mediante violência", completa o chefe do SIG.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário