Fechamento do Posto da Anvisa vira briga partidária na Câmara de São Sebastião

Parlamentares direcionaram a mira de críticas aos governos federal e estadual
Público acompanha sessão nesta terça-feira (Celso Moraes/CMSS)

Por Acácio Gomes

Os vereadores de São Sebastião aprovaram na noite desta terça-feira (16) uma Moção de Repúdio, de autoria do presidente da Câmara, Luiz Antônio de Santana Barroso, o Coringa (PSD), que questiona a Superintendência da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre o fechamento do posto na cidade.

No documento, assinado pelos 12 vereadores, o vereador alerta para os riscos do fechamento da unidade e o comprometimento na fiscalização sanitária nos navios do Canal de São Sebastião.

Os parlamentares comentaram o assunto e direcionaram a mira de críticas aos governos federal e estadual.

“Fala-se tanto em ampliação do Porto de São Sebastião e ao invés de melhorar a fiscalização fecham o Posto da Anvisa”, comentou o vereador Onofre Neto (PHS).

Já o parlamentar Simei da Silva Ferreira (SD) disse que pelo fato de ter sido marítimo por 12 anos sabe da importância da saúde na fiscalização. “Não é dessa vez que o PT vai tirar esse benefício de São Sebastião”.

Já Ercílio de Souza (SD) relatou ter ficado assustado com a notícia. “Fecham o Posto e deixa de lado a fiscalização dos navios? Quero saber quem é louco em dizer que São Sebastião não precisa ter uma unidade da Anvisa!”.

O vereador Reinaldo Alves Moreira, o Reinaldinho (PSDB), propôs uma união de partidos para cobrança junto ao governo federal. “São riscos ambientais que corremos. Vamos atrás dos líderes partidários no Congresso Nacional para tentar evitar esse fechamento. Essa decisão é uma aberração, só vão controlar quantidade de tripulantes e não vão fiscalizar?”, questiona.

Já o vereador Gleivison Gaspar, o Professor Gleivison (PMDB), pediu cautela na discussão. “O Governo do Estado já se posicionou sobre o fechamento? A causa é maior do que brigas partidárias. Não entendo também o silêncio do Estado. Acho que não devemos partir para briga e sim o diálogo”, ressaltou.

O vereador Marcos Tenório (PSC) disse que levará o assunto para discussão na Frente Parlamentar do Litoral Norte (Frepap-LN) para uma posição.

Já o vereador Edivaldo Pereira Campos, o Teimoso (PSB), teme que a decisão possa atrapalhar até a operação do Porto de São Sebastião

E por fim, o vereador Ernane Primazzi, o Ernaninho (PSC), fez uma crítica direcionada aos tucanos. “O PSDB não tem que se preocupar só em fazer prefeito em São Sebastião, mas se preocupar com o Porto e suas consequências. Na época das discussões do Contorno, ninguém apareceu para ouvir a população”.

Categoria
Representantes de sindicatos estiveram na Câmara e entregaram uma carta aberta aos vereadores falando da importância do Posto da Anvisa em São Sebastião.

Informações dão conta que em 2013 atracaram somente no Porto de São Sebastião 1.284 navios e outros 1.046 em 2014. De janeiro até maio deste ano já foram contabilizadas a atracação de 400 navios.

O anúncio do fechamento do Posto foi feito em 30 de março, após publicação de portaria. Com a decisão, os dois funcionários serão transferidos, um para o Aeroporto de Guarulhos, e o outro para o Porto de Santos.

Segundo informações, a fiscalização da chegada e partida de navios no Porto e no Canal de São Sebastião agora será feita pelo Posto Avançado de Santos. Procurada, a Anvisa não se manifestou sobre o assunto.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário