CURTAS: Bacalhoada e acertos na Ilha; veja bastidores da votação polêmica

Legalidade
No dia da votação da verba de quase R$ 1 milhão para escola de samba Vila Maria, a vereadora ilhéu Dra. Rita pediu o parecer jurídico da Casa com intuito de garantir a legalidade de seu posicionamento contra a proposta. A solicitação causou um rebuliço na Câmara e levou a votação para madrugada a dentro. Isso porque o advogado teria se recusado a dar parecer de última hora e só voltou atrás após uma conversa ao pé do ouvido com o presidente Adilton. Pediu duas horas de prazo que acabaram virando quatro. Por fim, a vereadora votou a favor.

Bacalhoada I
Ao que consta, para garantir o resultado da votação, teria rolado até uma bacalhoada na casa do prefeito Toninho Colucci na quinta-feira (4). Não participaram os vereadores Gracinha, Dita e Sampaio. Nesse encontro teria ficado acertado que o Dr. Osvaldo, marido da Dra. Rita, entraria na disputa para ser o candidato do grupo Colucci, daí o voto favorável dela.

Bacalhoada II
A surpresa foi Dr. Thiago, que teria ido na bacalhoada, acertado o voto favorável e na hora votou contra. Colucci já teria dito que as portas da prefeitura estão fechadas para ele. Gracinha, que também integra a base, sempre teve posicionamento contrário, então a mão do prefeito não deve ser tão pesada para ela.

Resposta [atualizado às 15h45]
O vereador Dr. Thiago procurou a reportagem para negar a informação da fonte do Nova Imprensa de que estivesse na suposta Bacalhoada na casa do prefeito. Ele afirma que estava fora da cidade na data.

Missão difícil 
Quem não teria gostado da entrada do Dr. Osvaldo para a corrida do grupo Colucci seriam os cinco eleitos do capitão: Lídia Sarmento, Nuno Gallo, Ana Maria Hirakawa, Valdir Veríssimo e Harry Finger. Um nome a mais numa lista já tão disputada deixa a escolha de Colucci ainda mais difícil.

Burocracia
O vereador Carlinhos precisou entrar com uma indicação à Secretaria de Esportes de Ilhabela para conseguir a doação de uma bola de futsal para a quadra da Água Branca. O problema é que, por essa via, a prefeitura nem mesmo é obrigada a responder à solicitação e a comunidade continua à espera. O documento também solicita a colocação de redes para os gols.


Detentos na balsa
Três detentos naturais de Ilhabela retornaram à sua terra natal nesta quarta-feira (10). Mas foi só para a audiência com a justiça. Eles vieram do CDP de Caraguá escoltados por policiais que não tiraram os fuzis da mão. Todos voltaram para a cadeia no mesmo dia.


Corre-corre
Falta pouco mais de um ano para as eleições de 2016 e o corre-corre, em São Sebastião, está uma coisa de louco. Pelo menos três pré-candidatos – Juan Garcia, Felipe Augusto e Wagner Teixeira – têm feito reuniões constantes nos bairros. A média de participantes, segundo correligionários, chega a mais de 200. Isso é só o começo!

Sucessor
E por falar em eleições, especula-se que Dr. Aldo, atual vice-prefeito, possa ser lançado pelo prefeito Ernane Primazzi como seu sucessor. Ele agora também está atendendo no Centro de Saúde da Topolândia, maior colégio eleitoral, além do posto de Boiçucanga onde já atendia.

Sertão quente
A situação na Costa Sul de São Sebastião pode esquentar casos os problemas, principalmente no lado do sertão, não sejam equacionados. Os moradores de Cambury não saíram nada satisfeitos da reunião com o prefeito Ernane Primazzi, já convocaram novo encontro e agora chamam integrantes de outros bairros. Vamos acompanhar o caso de perto!

Comerciantes reagem
Comerciantes da região central de São Sebastião devem se reunir na próxima segunda-feira (15), às 16h, na Republica Tatooing, na Rua da Praia. O objetivo é ouvir os envolvidos na atividade para uma "conversa de alto nível" sobre Comércio e Turismo. O lema dos organizadores é “Não vamos desistir de São Sebastião”. 


Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário