Cover do Bee Gees aclamado pela crítica se apresenta no TMC

Bee Gees Alive se apresenta no próximo sábado (27) no Teatro Mario Covas, em Caraguá
Bee Gees Alive no TMC (Foto: Divulgação)

O Teatro Mario Covas apresenta no próximo sábado (27), às 21h, o show “One Night Only” com a banda Bee Gees Alive, a primeira banda brasileira cover dos Bee Gees. A apresentação já foi vista por mais de 900 mil pessoas desde a sua estreia em 2003, e vem arrastando multidões e emocionando o público por onde passa.

A qualidade do trabalho e a incrível semelhança das vozes com as dos irmãos Gibb, fizeram com que a banda cover fosse aclamada pela crítica especializada internacional como uma das três melhores bandas tributo aos Bee Gees em todo o mundo, dividindo o reconhecimento com grupos da Austrália e do Japão. 

Atualmente, o Bee Gees Alive percorre o Brasil realizando apresentações com lotação máxima por onde passa e consolidou-se como atração de sucesso em casas do porte de Bourbon Street, Via Funchal, Sol Music Hall (Goiânia), Opera Hall (Brasília), Teatro Positivo (Curitiba), Teatro Crowne Plaza e Teatro São Paulo.

No show, o público poderá conferir um repertório especial, composto por clássicos como “Massachusettes”, “Words”, “To Love Somebody”, “Stayin’ Alive”, “More Than a Woman” e “I Started a Joke”, entre outros.

Os ingressos custam R$ 80 inteira e R$ 40 meia-entrada e na promoção, quem doar 1 Kg de alimento não-perecível no ato da compra, também paga meia, e podem ser adquiridos na livraria Nobel (Serramar Shopping), na loja Himpacto (Caraguá Praia Shopping), no site www.ingressorapido.com e na bilheteria do teatro no dia da apresentação, a partir das 14h.

O Teatro Mario Covas está localizado na Avenida Goiás, nº 187, no Indaiá. Mais informações: (12) 3881.2623 ou www.fundacc.com.br.

Sobre os Bee Gees

Nascidos na Inglaterra, os irmãos Barry, Robin e Maurice Gibb passaram boa parte da infância e adolescência na Austrália, onde começaram a compor e cantar como profissionais. Após terem gravado seu primeiro compacto em 1963, logo esgotaram o potencial de evolução naquele país. Em 1967, já de volta à Inglaterra, iniciaram com sucesso uma promissora carreira internacional que prosseguiria por dois anos. 

Após um período de indefinições no início da década de 70, em 1974 o grupo passou a contar com a colaboração do renomado produtor Arif Mardin, que fez com que os Bee Gees retomassem o caminho do sucesso. 

O auge viria em 1977, com a trilha do filme “Saturday Night Fever”, que levou o grupo a quebrar dezenas de recordes da indústria fonográfica.


Encerrada a febre dos embalos e vítimas de um longo período de superexposição, os irmãos Gibb atravessaram a década de 80 com pouca produção própria, dedicando-se, no entanto, a produzir sucessos para nomes como Barbra Streisand, Dionne Warwick, Kenny Rogers e Diana Ross. 

Nos anos 90, superado o preconceito com os artistas da era disco, os Bee Gees começaram a reconquistar o respeito do público e da crítica, recebendo inúmeros prêmios internacionais, entre eles a indicação para Rock'n'Roll Hall of Fame. De 1997 a 1999, realizam sua última turnê mundial, “One For All”, que resultou em um DVD que até hoje figura entre os mais vendidos no Brasil. 

O último álbum de estúdio viria em 2001. Com a morte de Maurice Gibb, em 2003, os Bee Gees fecharam um ciclo de 40 anos de música, sucesso e popularidade.



Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário