Vacina contra gripe imuniza menos de 50%; campanha é prorrogada

Número de imunizados fica abaixo da meta e população pode ser vacinada até 3 de junho

Camapanha vai até 3 de junho (Foto: Reprodução)
A campanha de vacinação contra a gripe em todo o Estado de São Paulo foi prorrogada até o dia 3 de junho. A meta da Secretaria da Saúde é imunizar 11,8 milhões de paulistas contra o vírus A H1N1 e outros dois tipos do Influenza: A (H3N2) e B.

O último balanço da pasta divulgado nesta quinta (21/5) aponta 47% de adesão do público alvo, ou seja, até o momento 4.822.868 pessoas foram imunizadas contra o vírus Influenza, causador da gripe.
Neste momento, a preocupação maior é com os pais que ainda não levaram as crianças entre seis meses e menos de cinco anos de idade para vacinar: 33% de cobertura em todo o Estado.

No Litoral Norte, segundo dados das Secretarias de Saúde, a cobertura média do público nas quatro cidades não chega a 50% e as Unidades de Saúde continuarão a receber as pessoas para aplicar a vacina.

Produzida pelo Instituto Butantan, a dose estará disponível na rede pública para bebês a partir dos seis meses e crianças menores de cinco anos de idade.


Também serão imunizados idosos a partir dos 60 anos, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias), indígenas, funcionários do sistema prisional e a população carcerária, além das pessoas diagnosticadas com doenças crônicas e os profissionais de saúde.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário