Prefeitura atende reclamação de banhistas e faz poda na Praia Deserta

Vegetação exótica é protegida por lei e precisou de acompanhamento para ser cortada

A Prefeitura de São Sebastião resolveu atender ao apelo de moradores e banhistas e realizar a poda da mata de jundu, na Praia Deserta, que estava dominando o local há alguns anos. De acordo com a chefe de Divisão de Agricultura e Abastecimento da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), Cintia Castro de Freitas, a ação exigiu cuidados especiais. “A faixa de praia estreitou por conta da vegetação. Por isso houve essa limpeza e poda de dois metros, mas com cautela, pois o jundu é protegido por lei”, explicou, por meio da assessoria de imprensa.

Um técnico da secretaria acompanhou todo o processo e Cintia falou ainda sobre a importância daquela vegetação para o local. “Ele [jundu] segura a erosão da areia da praia, o que evita que a água do mar chegue com força até as pedras, ou faça buracos na praia”, disse.


Um morador do local, que preferiu não se identificar, contou ao Nova Imprensa que as plantas tomaram conta da praia há aproximadamente quatro anos. O jovem de 20 anos, que mora na sua Rua Joaquim Francisco do Rego, disse ainda que a falta de poda incomodava a família, já que dava aspecto de abandono à praia. 
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário