Cúmplice do assassinato de empresário é preso em Jacareí e confessa

Homem prestou serviços na casa da vítima e teria facilitado a entrada dos bandidos
R.E.M foi preso em Jacareí (Foto: Divulgação)

Por Jessyca Biazini

O prestador de serviço do empresário assassinado no início desta semana em Caraguatatuba foi detido pela Polícia Civil sob acusação de envolvimento no crime. Após a prisão, o homem de 22 anos teria confessado ao Setor de Investigações Gerais (SIG) que facilitou a entrada dos bandidos que roubaram e mataram a facadas Jordelino Olímpio de Paula, 63 anos, dono do Cartório de Notas da cidade.

Após ser apontado por três menores e um maior de idade acusados do latrocínio e presos pela Polícia Militar, R.E.M., 22 anos, foi encontrado pela Polícia Civil de Caraguá na casa de parentes em Jacareí. Os suspeitos teriam contado que R. trabalhava para a família e teria entregado a chave que dá acesso à residência na Rua Caçapava, bairro Sumaré, região central da cidade, onde ocorreu o crime na madrugada de segunda-feira (4).

O delegado titular de Caraguatatuba, Marcelo Abreu Magalhães, destaca que o rápido esclarecimento do crime se deve ao empenho das equipes durante a operação conjunta da Polícia Civil e Militar, como também o apoio da população com informações essenciais para chegar aos autores. “Em menos de 24h após o crime o caso já estava esclarecido. Encontramos os objetos do crime e a faca usada no assassinato, como também localizamos a maior parte dos acusados, porém acreditamos que ainda exista mais um adolescente foragido”, explica.

Primeiros presos

Os três menores e o maior de idade foram pegos pela Força Tática na madrugada de terça-feira (5). Os policiais militares teriam recebido informações das características dos suspeitos e avistaram um deles na Avenida Jundiaí, região central da cidade. O acusado teria confessado e delatado os comparsas, que foram capturados em seguida. Com eles, estariam documentos, objetos e arma do crime. Pouco depois a Polícia Civil prendeu o prestador de serviço R.E.M.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário