Acusado de estupro em Barra do Una é assassinado em Boracéia

Investigadores detiveram o suspeito em Boiçucanga, mas ele respondia pelo crime em liberdade
O homem tinha sido preso e liberado um dia antes do homicídio (Foto: Divulgação)

Por Jessyca Biazini

Washington Ramos Justino, 34 anos, foi encontrado morto com cerca de 10 tiros em Boracéia, na Costa Sul de São Sebastião, no último domingo (10). O corpo estaria amarrado, próximo a Praia de Bora-Bora, com perfurações na cabeça, pescoço e tórax. O homem era acusado de estuprar e roubar uma mulher em Barra do Una, na tarde de sexta-feira (8).

Segundo o Setor de Investigações Gerais (SIG), a vítima informou à polícia que o homem cometeu a violência sexual e ainda levou o celular e mais R$ 60. Menos de 24 horas depois do crime, já no sábado (9), os policiais civis prenderam o suspeito em Boiçucanga, também na Costa Sul do município.

Os investigadores contam que o acusado foi levado à delegacia central, onde a autoridade de plantão solicitou a prisão temporária que, segundo policiais, não foi decretada. Em seguida, o suspeito foi solto e iria responder o inquérito em liberdade.

De acordo com os policiais, o que foi levantado até o momento é que Justino seria “meio que andarilho e andava por todo o litoral”. Também teriam informações que o homem era de Itaquera (SP), que não tinha parentes na região e que possuía passagens por porte ilegal de arma, cometido em 2000.

A Polícia Civil investiga o homicídio, e o Setor de Investigações Gerais (SIG) já está fazendo o levantamento de câmeras de segurança na área e testemunhas que possam ajudar a chegar ao autor do crime. A equipe pede ajuda à população para solucionar o caso e todas as informações podem ser passadas de forma anônima pelo (12) 3865.1163.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário